Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Coluna

Breves considerações sobre o aquecimento global

Imagem: wiseGEEK

Há cerca de 12 anos o mundo conheceu um dos documentários mais marcantes para o meio científico, tal documentário tem o título de “Uma Verdade Inconveniente”, tendo como roteirista o ex-candidato à presidência da república, derrotado por George W. Bush, Al Gore que passa noticiar o Aquecimento Global e os cenários futuros através das mudanças climáticas. Entre outras premiações, o filme venceu o Oscar de Melhor Documentário de Longa-Metragem e, desde então, ONG’s como WWF (World Wide Fund for Nature) e Greenpeace, conseguiram um grande quantitativo de seguidores e, consequentemente, doadores para os seus grandes projetos ambientalistas.

Como de se esperar, algo que vem à mídia como uma verdade inquestionável, o Ministério da Educação implementou este conteúdo para estudantes dos níveis fundamentais e médio em seus livros como conteúdo obrigatório. No ambiente religioso essa temática tem obtido uma abordagem especial e no ano passado a Igreja Católica, através da campanha da fraternidade, trouxe à tona uma série de ataques ao presidente Donald Trump pela saída dos Estados Unidos do tratado de Paris.

Obviamente, o aquecimento global não foi uma criação de Al Gore, e no ano de 2017, muitas mídias independentes noticiaram a influência da União Soviética na criação de ideias como o Efeito Estufa, aumento do nível do mar, e o buraco na camada de Ozônio nas mediações da Antártica.  

Entretanto, antes dessa questão política-ideológica ser noticiada, cientistas de vários lugares do mundo, inclusive nas nossas Universidades, já faziam destaques sobre a farsa chamada aquecimento global. Dois dos mais conhecidos são Luiz Carlos Molion (UFAL) e Ricardo Augusto Felicio (USP), que fazem fortes críticas ao aquecimento global.

Prof. Dr. Luiz Carlos Molion em entrevista à Band

“A temperatura média global não tem aumentado, pelo contrário, vêm diminuindo ao longo dos anos.” Molion sobre o Efeito Estufa.

“O curioso é que eles sempre filmam a frente de uma geleira, que é justamente onde o ciclo hidrológico está bastante acelerado, onde a geleira devolve água para o ciclo hidrológico e isso é algo extremamente natural.” Felicio em entrevista para o Antagonista.

Palestra de Luiz Carlos Molion – Diagnóstico e tendência do clima para os próximos 10 anos: https://www.youtube.com/watch?v=qyQCub9p1ME

Entrevista de Ricardo Felício ao Antagonista: https://www.youtube.com/watch?v=Z8eqJquw5Wo

 

 

Comentários

Geografia (UPE) - Mestrado em Geologia (UFPE) - Engenharia Civil (Laureate Education) - Doutorando em Engenharia Civil (UFPE).

Mundo

Os três países que mais emitem o gás no planeta não assinaram o compromisso.

Mundo

Secretário-geral da ONU falou na abertura da 26ª edição da Conferência do Clima.

Mundo

Líder da Igreja Católica assinou documento com 40 representantes religiosos.

Governo

Vice-presidente participou da 6ª Reunião do Conselho Nacional da Amazônia Legal.