Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

‘É inaceitável indiciamento de deputados pela CPI da Covid’, afirma Arthur Lira

Presidente da Câmara diz que comissão não pode ser “instrumento inquisitorial”.

Marcelo Camargo | Agência Brasil

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), criticou nesta quarta-feira (27) o relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia aprovado pelo Senado Federal. Segundo ele, o indiciamento de deputados é “inaceitável” e motivo de “grande indignação”.

Em um duro discurso no plenário, Lira defendeu a imunidade parlamentar para expressar opiniões e disse que congressistas não podem ser responsabilizados por atos ou omissões que são de competência do Executivo.

O documento aprovado pelo colegiado pede o indiciamento de duas empresas e 78 pessoas, incluindo o presidente Jair Bolsonaro e os filhos com cargo público.

Além disso, também foram fichados seis deputados: Ricardo Barros (PP-PR), Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), Bia Kicis (PSL-DF), Carla Zambelli (PSL-SP), Osmar Terra (MDB-RS), Carlos Jordy (PSL-RJ).

“Para mim, é motivo de grande indignação como presidente da Câmara dos Deputados e como cidadão brasileiro tomar conhecimento das conclusões encaminhadas pelo relator da CPI da Covid do Senado Federal. É inaceitável, repito, inaceitável a proposta de indiciamento de deputados desta Casa no relatório daquela comissão parlamentar de inquérito”, afirmou.

Ontem (26), o nome do senador Luis Carlos Heinze (PP-RS) chegou a ser incluído na lista de indiciados do parecer final da comissão a pedido do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). No entanto, o próprio parlamentar solicitou ao relator Renan Calheiros (MDB-AL) a retirada do nome de Heinze.

A decisão foi motivada após o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmar, por meio de nota, que os senadores reavaliassem a proposta de indiciamento, o que considerou um “excesso” da CPI.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Cúpula do colegiado entregará parecer de Renan Calheiros ao Tribunal Penal Internacional, em Haia.

Política

Proposta vem sendo alvo de demandas judiciais no Supremo.

Política

Vereadores apontam irregularidades na gestão do transporte público em BH.

Congresso

Grupo vai fiscalizar cumprimento de medidas indicadas no relatório.