Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

André Mendonça diz ter visitado cerca de 60 senadores por aprovação ao STF

Indicado pelo presidente Jair Bolsonaro ao Supremo, ele precisa ser sabatinado e aprovado para ocupar a vaga.

Valter Campanato | Agência Brasil

O ministro da Advocacia-Geral da União (AGU), André Mendonça, afirmou ter visitado cerca de 60 senadores a fim de articular a aprovação de seu nome ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Para ser alçado ao mais alto cargo do Judiciário brasileiro, ele deverá ser sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado e depois será pauta para deliberação junto ao plenário da Casa.

Durante a votação no Senado, conforme determina a Constituição, ele deverá contar com o voto da maioria absoluta dos congressistas. No caso, o número imediatamente superior à metade de parlamentares, ou seja, 41 de 81.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Apenas o voto do relator, ministro Edson Fachin, foi proferido.

Judiciário

Indicado por Bolsonaro, ex-AGU aguarda desde o dia 13 de julho.

Judiciário

Ministro pediu mais tempo para decidir; julgamento começou em 26 de agosto.

Congresso

Presidente da Câmara afirma que iniciativa foge ao escopo da CPI.