Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

Conselho de Ética aprova suspensão do mandato do deputado Daniel Silveira

Cleia Viana | Agência Câmara

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara aprovou, nesta última terça-feira (29), pelo placar de 13 votos a 3, a suspensão por dois meses do mandato do deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ).

A defesa do congressista teria cinco dias para recorrer da decisão na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ), contando da data da publicação da decisão, mas abiu mão do prazo recursal. Agora, a decisão final caberá agora ao Plenário da Câmara.

Neste processo, Silveira responde por ter gravado e divulgado uma reunião do Partido Social Liberal (PSL), em 2019, quando se discutiu a permanência ou não do deputado Delegado Waldir (PSL-GO) no cargo de líder do partido.

OUTRO LADO

Daniel Silveira argumentou que a situação é uma questão interna do partido e que a reunião não era secreta. Segundo o deputado, a divulgação do áudio foi em “legítima defesa do presidente Jair Bolsonaro”.

Na época, Silveira admitiu ter gravado a reunião em que Delegado Waldir chama o chefe do Executivo de “vagabundo” e fala que vai “implodir o presidente”.

Na visão dele, o objetivo foi “blindar” Bolsonaro na guerra declarada contra o presidente da sigla, deputado Luciano Bivar (PSL-PE).

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

311 deputados votaram a favor e 98 contra o PL, que segue para o Senado.

Congresso

Senado deve ficar com Marcos Pontes, ex-ministro do governo federal.

Congresso

PL entrou com pedido de cassação contra deputado do Psol.

Congresso

Intimação foi requisitada pelos deputados Luis Miranda e Subtenente Gonzaga.

----- CLEVER ADS -----