Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

Pacheco cobra governo e defende uso de lucro da Petrobras para controlar preços

Presidente do Senado afirmou que a situação dos combustíveis está saindo do controle.

Edilson Rodrigues | Agência Senado

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou nesta sexta-feira (17) em nota à imprensa que “a situação dos combustíveis está saindo do controle”.

A manifestação do parlamentar ocorre após a estatal anunciar mais um reajuste nos preços dos combustíveis. A partir de sábado (18), a gasolina aumentará R$ 0,15 por litro, enquanto o diesel será elevado em R$ 0,63 por litro.

“É inexistente a dicotomia Petrobras e governo, pois a União é a acionista majoritária da estatal e sua diretoria indicada pelo governo”, diz o texto.

Conforme o congressista, o Executivo federal deve “aceitar dividir os enormes lucros da Petrobras com a população”, como já fazem outros países ao redor do mundo.

“O Senado aprovou inúmeras matérias legislativas que estavam ao seu alcance e agora espera medidas rápidas e efetivas por parte da Petrobras e de sua controladora, a União”, acrescenta.

“Já que o governo é contra discutir a política de preços da empresa e interferir na sua governança, a conta de estabilização é uma alternativa a ser considerada”, finaliza o comunicado.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Presidente do Senado e ex-ministra do Meio Ambiente conversaram durante evento em Portugal.

Últimas

Será a 2ª vez em que o chefe do Senado comandará o Estado brasileiro.

Congresso

Encontro está marcado para esta segunda-feira (30) em Brasília, às 17h.

Congresso

Sem mencionar nomes, parlamentar volta a falar em harmonia entre os Poderes.