Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Congresso

Vice de Lira diz que “já passou da hora” de colocar “limite à postura golpista de Bolsonaro”

Marcelo Ramos cobrou adoção de medidas por parte do STF, da Câmara e do Senado.

Jefferson Rudy | Agência Senado

O vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou nesta sexta-feira (30) que “já passou da hora” de se impor “limites à postura golpista de conspiratória” do presidente Jair Bolsonaro.

Aliado do senador Omar Aziz (PSD-AM), presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, o parlamentar amazonense foi às redes sociais para pedir adoção de medidas por parte do Supremo Tribunal Federal (STF), da Câmara e do Senado.

“Já passou da hora de o STF, a Câmara e o Senado colocarem um limite à postura golpista e conspiratória do presidente da República. Se não fizerem isso agora, quando decidirem fazer, será tarde demais. Todos que se acham protegidos hoje podem ser as próximas vítimas”, escreveu.

A declaração do congressista vem após o presidente Jair Bolsonaro fazer um pronunciamento em que aponta a possibilidade de irregularidades no processo eletrônico de votação.

Segundo o chefe do Executivo, há “indícios fortíssimos ainda em fase de aprofundamento que nos levam a crer que temos que mudar esse processo eleitoral”.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

Apenas o voto do relator, ministro Edson Fachin, foi proferido.

Judiciário

Indicado por Bolsonaro, ex-AGU aguarda desde o dia 13 de julho.

Congresso

Em agosto, Corte eleitoral entendeu que político deveria estar inelegível por 8 anos.

Congresso

Desligamento do cargo deverá ocorrer quatro anos antes do pleito e valerá a partir de 2026.