Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Governo

Após decisão do STF, governo federal exige passaporte da vacina para entrada no Brasil

Portaria interministerial com as novas diretrizes foi publicada no Diário Oficial.

Cláudio Luiz Castro | Unsplash

Por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF), o governo federal editou norma nesta última segunda-feira (20) passando a exigir teste negativo para Covid-19 e comprovante de vacinação para viajantes vindos de outras nações que queiram entrar no país por via aérea.

Segundo a portaria interministerial, o passaporte de imunização é válido com vacinas aprovadas no Brasil, no país onde a pessoa foi imunizada ou das marcas autorizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS). A última dose tem de ter sido aplicada pelo menos 14 dias antes da viagem.

Ainda pelas novas regras, estrangeiros e brasileiros que desejarem vir ao Brasil de avião terão que apresentar comprovante de teste negativo com duas alternativas: ou um exame de antígeno realizado nas 24 horas anteriores ao embarque ou um PCR feito até 72 horas antes da viagem.

As crianças menores de 12 anos viajando acompanhadas não precisarão apresentar o teste negativo. Já aquelas com idades entre 2 e 12 anos que viajarem desacompanhadas deverão realizar o teste como requisito para o embarque.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

7 dos 11 ministros já manifestaram votos contrários.

Política

Todos devem cumprir a legislação eleitoral para apto ao pleito deste ano.

Últimas

Para o general, a decisão do STF contra o deputado está "em desacordo com o devido processo legal".

Mundo

Regime comunista ordenou isolamento a mais de 187 mil pessoas no país.