Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Governo

Manifestação de 7 de setembro será ‘ultimato’ pela ‘vontade do povo’, afirma Bolsonaro

“Nós somos a maioria, somos pessoas de bem, estamos do lado certo e respeitamos as regras do jogo”, declarou.

Alan Santos | PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou nesta sexta (3) que as manifestações do dia 7 de setembro serão um “ultimato” do povo.

Durante um evento no interior da Bahia, o mandatário afirmou que “se alguém quiser jogar fora dessas quatro linhas [da Constituição]”, mostrará que pode “fazer valer a vontade do povo”.

“Nós não precisamos sair das quatro linhas da Constituição, ali temos tudo que precisamos. Mas, se alguém quiser jogar fora dessas quatro linhas, nós mostraremos que poderemos fazer também valer a vontade e a força do seu povo”, avisou.

Segundo o chefe do Executivo, os atos darão uma “demonstração gigante de patriotismo” e serão pacíficos.

“O recado de vocês, povo brasileiro, nas ruas na próxima terça-feira dia 7 será o ultimato para essas duas pessoas. Curvem-se à Constituição, respeitem a nossa liberdade, entendam que vocês dois estão no caminho errado, porque sempre dá tempo para se redimir”, declarou.

“Nós não criticamos instituições ou poderes, somos pontuais. Não podemos admitir que uma ou duas pessoas usando da força do poder queiram dar outro rumo para o nosso país. Essas uma ou duas pessoas têm que entender o seu lugar”, acrescentou.

Comentários

FALE COMIGO: marcosrocha@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

PR brasileiro e banda teen BTS emplacaram as buscas do momento.

Política

Chefe do Executivo se posicionou contra o chamado passaporte sanitário para vacinados e assegurou que não há corrupção no governo.

Mundo

Abertura do evento é feita tradicionalmente pelo presidente do Brasil.

Mundo

Mandatário defendeu as liberdades individuais e repudiou medidas autoritárias.