Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Governo

Presidente promete manter Auxílio Brasil de R$ 600 em caso de reeleição

Declaração foi proferida durante convenção do PL na capital fluminense.

Clauber Caetano | PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) prometeu, neste domingo (24), que manterá o Auxílio Brasil com valor mínimo de R$ 600 a partir de 2023 em caso de reeleição em outubro deste ano.

O aumento de R$ 400 para R$ 600 foi aprovado até dezembro de 2022 pela Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos Benefícios aprovada no Congresso Nacional.

“Como esse governo não gosta de pobres”, ironizou o chefe do Executivo. “Conversei esta semana com o ministro Paulo Guedes, este valor [de R$ 600] será mantido a partir do ano que vem”, acrescentou.

Bolsonaro voltou a criticar duramente a política “fique em casa, a economia a gente vê depois”, implementada por diversos mandatários estaduais durante o pico da pandemia de covid-19.

“Lamentamos todas as mortes, fizemos o possível”, disse o mandatário. “A condução do combate à pandemia, por decisão do STF, foi de governadores e prefeitos”, completou.

Na avaliação do presidente, as medidas adotadas pelas unidades federativas passaram por cima de direitos da população. “Sentimos na pele o que é uma ditadura, mas o tempo passa, as feridas cicatrizam”, comentou.

Ainda no discurso, Bolsonaro pediu à população que pense no “Brasil do futuro”, e citou a construção de eólicas offshore na costa do Nordeste. “O nosso Nordeste, tão esquecido por aqueles que diziam amar o nosso povo de lá”, frisou.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Alcolumbre e Aziz estão entre os parlamentares que buscarão se reeleger.

Mundo

Apoio ao etíope foi anunciado pelo Ministério da Saúde alemão.

Governo

Ministro expressou preocupação com o cenário político.

Judiciário

Ministra estabeleceu prazo de 10 dias para autoridades prestarem esclarecimentos.

----- CLEVER ADS -----