Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Após ataque com arco e flecha, polícia da Noruega passará a portar armas de fogo

Autoridades do país não descartam ter sido alvo de terrorismo.

Michael Förtsch | Unsplash

Um criminoso usando um arco e flecha matou várias pessoas e feriu outras em um ataque na cidade norueguesa de Kongsberg nesta quarta-feira (13), informou a polícia.

“O homem foi preso. Pelas informações que temos agora, essa pessoa executou essas ações sozinha”, disse o chefe da corporação, Oeyvind Aas, em entrevista a repórteres.

“Várias pessoas ficaram feridas e várias estão mortas”, acrescento, que não quis comentar sobre o número de vítimas fatais.

Os ataques ocorreram em uma “área grande” de Kongsberg, um município com cerca de 28 mil habitantes no sudeste da Noruega, a 68 quilômetros da capital Oslo.

Após os ataques, a polícia ordenou imediatamente que agentes de todo o país portassem armas de fogo. A polícia norueguesa normalmente anda desarmada e os oficiais têm acesso a armas e fuzis somente quando necessário.

“Esta é uma precaução extra. A polícia não tem nenhum indício até agora de que haja uma mudança no nível de ameaça nacional”, afirmou a diretoria em comunicado.

A ministra da Justiça e Segurança Pública da Noruega, Monica Maeland, recebeu atualizações sobre os ataques e está monitorando de perto a situação, declarou o governo.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Judiciário

STF julga ações que questionam posse, compra, registro e tributação de armas e munições.

Últimas

Voto impresso foi outra pauta defendida pelos manifestantes.

Análise

Em 2020, em plena pandemia, Brasil registrou alta no número de assassinatos.