Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Biden pede unidade e alerta sobre ameaça da China em discurso no Congresso

Em primeiro discurso aos parlamentares, democrata defendeu uma ‘nova era de gastos’.

President Joe Biden and Vice President Kamala Harris, joined by Secretary of Defense Lloyd Austin, tour the Pentagon Wednesday, Feb. 10. 2021, in Arlington, Virginia. (Official White House Photo by Adam Schultz)

Em declaração proferida no Congresso americano nesta quarta-feira (28), Joe Biden propôs um novo plano de 1,8 trilhão de dólares.

Ao falar sobre um nova elaboração de governo, Biden pediu a ajuda dos republicanos para trabalharem em conjunto com os democratas em questões que, nas palavras dele, são ‘controversas’.

Na ocasião, afirmou que os Estados Unidos precisam fazer uma frente ampla à competição imposta pela China, alegando que o país asiático e outras nações “estão se aproximando rapidamente”.

“Os Estados Unidos estão avançando e avançando, mas não podemos parar agora. Estamos competindo com a China e outros países para conquistar o século XXI”, frisou Biden.

Os republicanos seguem resistindo em ajudá-lo a aprovar diversas leis no país, principalmente pautas que envolvem aumento de impostos, aborto, controle de armas e imigração.

Pedindo uma aproximação, ele acrescentou:

“Temos que desenvolver e dominar os produtos e tecnologias do futuro.”

Biden, que se sente cada vez mais cercado, insiste em pedir ajuda dos republicanos em pautas ‘maleáveis’, na visão dele. Enquanto discursava, os parlamentares opositores permaneceram assentados e em silêncio, enquanto os democratas vibravam sob fortes aplausos.

Por fim, ele voltou a fazer uma defesa ampla de taxação de empresas e de norte-americanos ricos para ajudar a financiar seu programa de 1,8 trilhão de dólares chamado ‘Plano da Família Americana’.

“É hora da América corporativa e o 1% mais ricos dos americanos pagarem sua parcela justa – simplesmente pagar sua parcela justa”, completou o democrata.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Mundo

Presidente dos EUA garantiu que agirá 'rapidamente' se uma atualização da vacina for necessária.

Mundo

Casa Branca incluiu 12 empresas do país asiático em lista negra comercial.

Mundo

País comunista se opõe 'firmemente' e afirma que Biden comete 'erro' ao acenar para a ilha.