Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

China diz que países “pagarão preço” por boicote diplomático contra Pequim

Regime comunista classificou a iniciativa internacional como ‘manipulação política’.

Daniels College of Business | Flickr

O regime chinês afirmou que os países que se juntarem aos Estados Unidos no boicote diplomático ao Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim pagarão o preço.

A declaração foi proferida pelo porta-voz da diplomacia do país comunista, Wang Wenbin, em uma entrevista coletiva nesta quinta-feira (9).

Wenbin classificou a iniciativa internacional como “manipulação política”, e alertou: “Eles terão que pagar o preço por seus atos equivocados”.

Conforme noticiado pelo Conexão Política, quatro países se uniram a fim de não enviar representantes ou autoridades oficiais para o evento: EUA, Reino Unido, Canadá e Austrália.

Para a China, o movimento é uma “farsa”, uma vez que o governo de Xi Jinping não havia convidado autoridades desses países para as competições marcadas para fevereiro de 2022.

“Não importa se os funcionários virão ou não: eles verão o sucesso dos Jogos Olímpicos de Inverno de Pequim”, declarou o porta-voz, dizendo estar confiante de que não haverá adesão de mais nações ao boicote.

“Vários chefes de Estado, líderes de governo e membros de famílias reais se registraram para participar da Olimpíada e nós vamos recebê-los”, rebateu.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Saúde

Todas hipóteses sobre surgimento do vírus permanecem à mesa, garantiu o diretor da entidade.

Mundo

No país comunista, o setor automotivo foi o mais afetado pelo fechamento da economia.

Mundo

"Este é um aviso solene contra a recente aliança", disse um porta-voz do exército chinês.

Governo

Vice disse que 'ruídos' durante a pandemia não prejudicaram a diplomacia junto ao país comunista.