Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

China muda contagem de medalhas de ouro para ultrapassar EUA

Segundo o placar alterado de forma não oficial, o total de ouros do país comunista salta de 38 para 42.

Instagram | @tokyo2020

A China tem sido alvo de diversas críticas após alterar a contagem de medalhas das Olimpíadas de Tóquio. Com a mudança, o país asiático passaria a ocupar o primeiro lugar no ranking de medalhas de ouro, ultrapassando os Estados Unidos.

Nesta semana, circularam nas redes sociais imagens do placar chinês incluindo medalhas obtidas por Taiwan e Hong Kong. Essa narrativa, inclusive, foi divulgada pela mídia estatal do Partido Comunista.

De acordo com a contagem oficial, a China conquistou 38 medalhas de ouro, 32 de prata e 18 de bronze, ou seja, 88 medalhas ao todo.

Na recontagem alterada, que inclui Hong Kong e Taiwan, o país aparece com 42 medalhas de ouro, 37 de prata e 27 de bronze, saltando para 106 no total.

Os Estados Unidos, por sua vez, tiveram 113 medalhas ao todo, sendo 39 de ouro, 41 de prata e 33 de bronze na contagem oficial.

Veja abaixo a imagem adulterada. Na sequência, confira o quadro oficial publicado pelo Comitê Olímpico.

Reprodução/Twitter/@TheFirstonTv

Reprodução/Twitter/NBCOlympics

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

País asiático é um dos maiores mercados da gigante norte-americana.

Mundo

Investigação americana já está em curso.

Mundo

EUA oferecem recompensa de até US$ 5 milhões por informações a respeito do terrorista.