Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Coreia do Norte proíbe sorrisos, demonstrações de felicidade e bebidas alcoólicas

Novas regras valerão por 11 dias e fazem parte das homenagens pelos 10 anos da morte de Kim Jong-il.

NFT NFT | Flickr

O governo da Coreia do Norte proibiu que a população demonstre sinais de felicidade por 11 dias. A medida foi anunciada em meio a homenagens que marcam o 10º aniversário da morte de Kim Jong-il, pai do atual ditador do país, falecido em 2011.

“Durante o período de luto, não devemos beber álcool, rir ou nos envolver em atividades de lazer”, declarou um morador da cidade de Sinuiju ao serviço coreano da Radio Free Asia (RFA).

Na sexta-feira (17), dia exato em que a morte completou dez anos, os habitantes do regime comunista foram proibidos até de fazer compras.

Ainda de acordo com RFA, no passado, pessoas que eram flagradas bebendo ou se embriagando durante o “período de luto” eram detidas pela polícia e tratadas como “criminosos ideológicos”.

Kim Jong-un também proibiu que os cidadãos copiem o seu figurino ou usem casacos de couro. A RFA relatou que agentes patrulharam as ruas para confiscar as jaquetas dos vendedores e dos cidadãos na busca de imitações ou réplicas.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Comunicado foi feito fora do país; presidente americano está em Seul, na Coreia do Sul.

Mundo

Regime comunista ordenou isolamento a mais de 187 mil pessoas no país.

Mundo

É o quarto lançamento de armas neste mês

Mundo

Informação é das Forças Armadas da Coreia do Sul e do Japão