Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Covid-19: Joe Biden diz ter oferecido vacinas à Coreia do Norte, mas ficou sem resposta

Comunicado foi feito fora do país; presidente americano está em Seul, na Coreia do Sul.

Arquivo | Divulgação

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, informou neste sábado (21) que ofereceu à Coreia do Norte vacinas e suportes médicos contra a covid-19, mas não teve “resposta”por parte das autoridades do país comunista.

O pronunciamento democrata aconteceu em Seul, na Coreia do Sul, ao lado do presidente sul-coreano Yoon Suk-yeol.

De acordo com o democrata, os EUA estão atentos ao que está acontecendo no país de Kim Jong-Un. Ele também direcionou o discurso à China.

“Oferecemos vacinas, não apenas para a Coreia do Norte, mas também para a China, e estamos preparados para fazer isso imediatamente”, mas “não tivemos resposta”, completou o presidente norte-americano.

Neste domingo, 22, Biden seguirá em agenda internacional, e deve desembarcar no Japão, onde cumprirá compromissos oficiais.

Conforme registrou o Conexão Política, a Coreia do Norte tem enfrentando um grande surto de COVID-19. O alerta gera grande preocupação das autoridades globais, considerando o fato de que o país não possui infraestrutura médica adequada para lidar com o avanço da doença.

A sede de prevenção de epidemias registrou mais 269.510 pessoas com febre, elevando o total para 1,48 milhão, enquanto o número de mortos aumentou de seis para 56 na noite de segunda-feira (16), disse a KCNA, sem especificar quantas pessoas testaram positivo.

“Os números não são confiáveis, mas o grande número de pessoas com febre é preocupante”, disse Lee Jae-gap, professor de doenças infecciosas da Escola de Medicina da Universidade Hallym, da Coreia do Sul.

Segundo ele, a contagem de mortes deve aumentar com o tempo, mas as autoridades da Coreia do Norte podem ficar tentados a manter baixos os números que divulgam publicamente para evitar uma crise política.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

É a maior mudança na Legislação do país sobre o tema desde a década de 1990.

Mundo

"Temos que pensar lá na frente", disse o presidente dos EUA.

Mundo

'Estou bem', disse o presidente logo após o pequeno acidente.

Mundo

Fala do democrata gerou comemoração no Palácio do Planalto.