Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Flórida alega doutrinação marxista e rejeita 54 livros de matemática

Autoridades citaram referências a uma doutrina que prega o antirracismo a partir do viés esquerdista.

Antoine Dautry | Unsplash

O departamento de educação da Flórida, nos Estados Unidos, confirmou nesta última segunda-feira (18) a rejeição de cerca de 54 livros de matemática em razão da proliferação de ideologias de esquerda.

Autoridades citaram supostas referências a ‘tópicos proibidos’, como a chamada teoria racial crítica, doutrina que prega o antirracismo a partir do viés marxista.

Em nota, o órgão informou que alguns dos livros não cumprem os padrões de conteúdo do estado nem as Referências para Raciocínio Estudantil de Excelência.

Cerca de 21% dos materiais didáticos foram negados “porque incorporam conteúdo de tópicos proibidos ou estratégias não solicitadas, incluindo CRT [teoria racial crítica, na sigla em inglês]”, diz o texto.

A medida polêmica gerou críticas de políticos do Partido Democrata, que alegaram censura, mas ganhou o apoio de simpatizantes do Partido Republicano, que sustentaram a existência de doutrinação.

Em discurso, o governador republicano da Flórida, Ron DeSantis, parabenizou o anúncio do departamento de educação e disse que a ideologização não deve fazer parte da rede de ensino.

“Matemática é sobre obter a resposta certa, não sobre como você se sente ou [sobre] ideologias. Na Flórida, educaremos os nossos filhos, não os doutrinaremos”, declarou.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Corte suspendeu uma decisão de 1973 que considerava a interrupção da gravidez como direito.

Mundo

'Estou bem', disse o presidente logo após o pequeno acidente.

Saúde

Especialistas dos órgãos FDA e CDC foram favoráveis; Moderna e Pfizer serão utilizadas.

Mundo

Taxa acelerou em maio para 8,6% em um ano e preços de combustíveis influenciaram resultado.