Conecte-se conosco

Mundo

‘Fora Evo, Lula e o socialismo’, diz Keiko Fujimori, candidata à presidência do Peru

Segundo Fujimori, o mundo não aceita mais o comunismo e o socialismo.

Publicado

em

Reprodução | Facebook

A candidata à presidência do Peru, Keiko Fujimori, pediu nesta terça-feira (20) que o boliviano Evo Morales não interfira na campanha eleitoral do país.

Anteriormente, Morales usou as redes sociais para desejar sucesso ao esquerdista Pedro Castillo, que disputa o pleito presidencial.

“Quero dizer claramente ao senhor Evo Morales: o senhor não entra no meu país. [Você] não entra no Peru! Fora do Peru”, disse Fujimori à imprensa.

Em outro trecho da entrevista, ela declarou que as pessoas do século XXI têm despertado para os danos causados pelo comunismo ao longo de sua história.

Ainda segundo ela, as lideranças que representam essa ideologia política estão fadadas ao fracasso.

Em tom de repúdio, Fujimori citou algumas figuras da esquerda, incluindo o ex-presidente Lula, a quem dirigiu um ‘Fora, Lula!’.

“Evo Morales, os peruanos não vão aceitar sua ideologia. Dizemos ‘fora’ ao socialismo do século XXI, ao comunismo. Dizemos ‘fora’ a Maduro, dizemos ‘fora’ a Lula”, acrescentou a candidata.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.