Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Origem animal do novo coronavírus é ‘muito provável’, diz relatório da OMS

Morcego

A Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgou, nesta terça-feira (30), um relatório produzido por cientistas da entidade que viajaram a Wuhan, na China, para investigar a origem da covid-19.

De acordo com o documento, é possível que a doença tenha sido transmitida de morcegos para humanos através de outro animal. Os pesquisadores permaneceram por 27 dias na cidade onde foram registrados os primeiros casos do novo coronavírus.

Para eles, é “entre provável e muito provável” que, após atingir os morcegos, a peste chinesa tenha passado por um animal intermediário antes de infectar seres humanos.

Ainda de acordo com o escopo do trabalho, vírus similares ao Sars-CoV-2 foram verificados em pangolins – mamíferos encontrados predominantemente em zonas tropicais dos continentes asiático e africano.

A entidade recomenda que sejam feitos estudos adicionais a fim de apurar a infecção em animais, como gatos e visons (mamíferos da família dos mustelídeos, a exemplo do “furão”.)

Segundo os pesquisadores, é “improvável” que o consumo de carnes congeladas tenha sido uma espécie de cadeia de transmissão entre animais e humanos.

“No que diz respeito à OMS, todas as hipóteses permanecem possíveis. Este relatório é um começo muito importante, mas não é o fim. Ainda não encontramos a origem do vírus, devemos continuar a seguir a ciência e não deixar de observar todas possibilidades”, ressaltou Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da entidade, em um comunicado oficial.

O documento original divulgado pela OMS, na íntegra e em inglês, pode ser acessado através DESTE LINK.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Regime comunista ordenou isolamento a mais de 187 mil pessoas no país.

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém

Política

Prazo também vale para pagamento da primeira cota