Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Qual nação tem o passaporte mais ‘poderoso’ do mundo?

Alguns documentos oferecem mais liberdade aos seus portadores do que outros.

Blake Guidry | Unsplash

Alguns passaportes oferecem mais liberdade aos seus portadores do que outros. Em 2022, o Japão e a Cingapura foram nomeados os países com os passaportes mais “poderosos” do mundo pelo Henley Passport Index.

Com dados históricos de 17 anos, o Henley Passport Index é a classificação original e oficial de todas as permissões mundiais de acordo com o número de destinos que seus titulares podem acessar sem visto prévio.

O índice é baseado em dados exclusivos da Associação Internacional de Transporte Aéreo (International Air Transport Association, IATA, em inglês), o maior e mais preciso banco de dados de informações de viagens — e aprimorado pela equipe de pesquisa da Henley & Partners. Informações de especialistas sobre a classificação mais recente estão disponíveis no Relatório de Mobilidade Global 2022 Q1.

O levantamento inclui 199 passaportes diferentes e 227 destinos de viagem diferentes. Atualizado trimestralmente, o Henley Passport Index é considerado a ferramenta de referência padrão para cidadãos globais e Estados soberanos ao avaliar a classificação de um passaporte no espectro de mobilidade global.

Abaixo, o gráfico mostra o poder variável dos passaportes, ou seja, compara o número de países isentos de visto que os portadores podem visitar em 2022.

Você encontrará o infográfico no Statista | Divulgação

Os titulares desses passaportes (Japão e Cingapura) têm o luxo imbatível de poder entrar em 192 países sem solicitar e receber um visto antecipadamente.

A Coreia do Sul (não retratada) e a Alemanha seguem com viagens sem visto para 190 nações.

Embora os Estados Unidos estejam mais abaixo no ranking (6ª colocação), o passaporte americano ainda rende um poder considerável. Portadores dos EUA podem viajar para 186 países sem grandes restrições. Esse é um nível de liberdade também desfrutado pelos cidadãos da Nova Zelândia, Noruega, Suíça, Bélgica e Reino Unido.

O Brasil ocupa neste ano a 20ª posição no ranking global. Os cidadãos brasileiros podem entrar em 169 países sem solicitar um visto antecipadamente.

No outro extremo da escala, porém, a situação é muito diferente. Para os portadores de passaporte no Afeganistão, no Iraque e na Síria, por exemplo, o mundo não está em suas mãos.

O passaporte do Afeganistão tem o menor poder, com apenas 26 destinos possíveis sem visto. Como mostra o gráfico, a situação é semelhante no Iraque (28) e na Síria (29).

Com informações, Statistica.

Comentários

Correspondente internacional na Europa.

Política

Exigência de visto continua, mas entrada no país pode ser mais rápida

Judiciário

Viajantes que deixaram o país antes de terça (14) não são obrigados a comprovar imunização.

Política

Casa Legislativa afirma que houve erro e todos os servidores estão imunizados.

Congresso

Deputados e servidores retomarão atividades a partir de 25 de outubro.