Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Risco da variante ômicron continua muito alto, diz OMS

21 milhões de novos casos de Covid foram registrados.

CDC | Unsplash

A variante ômicron continua provocando risco de intensidade alta, conforme alerta da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os dados foram veiculados no relatório epidemiológico semanal.

“Foram notificados mais de 21 milhões de novos casos, o maior número de casos semanais desde o início da pandemia”, informou a OMS sobre o cenário global em torno da Covid-19.

De acordo com a agência, o número de novos casos cresceu 5% na última semana até domingo (23), em comparação com um aumento de 20% na semana anterior.

“Um aumento mais lento na incidência de casos foi observado globalmente”, pontuou.

Ainda conforme o documento, mais de 40 mil novas mortes também foram registradas no período semanal.

“A epidemiologia atual do Sars-CoV-2 é caracterizada pelo domínio da variante ômicron em escala global, a prevalência decrescente da variante delta e uma circulação muito baixa das variantes alfa, beta e gama”, prosseguiu.

Órgão disse ainda que, por meio dos números, foi possível identificar “países que tiveram um rápido aumento nos casos de ômicron em novembro e dezembro de 2021 tiveram ou estão começando a ver declínios nos casos”. Apesar disso, “com base nas evidências atuais, o risco geral associado à variante ômicron permanece muito altos”, acrescentou.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Tedros Adhanom se pronunciou em uma rede social em meio a discussões nos EUA.

Mundo

Governo diz que medida terá duração de 9 dias, após recorde de casos de covid-19 na região.

Política

Grupo vai discutir projeto internacional para futuras emergências.

Política

Diretriz repassada a agentes de todo o país estabelece ações em meio à crise sanitária.