Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Soros nomeia como presidente de sua fundação o CEO da Smartmatic, empresa acusada de fraude eleitoral nos EUA

O magnata globalista George Soros nomeou Mark Malloch-Brown, CEO da Smartmatic, empresa acusada de fraude nas eleições nos Estados Unidos, como presidente da Open Society Foundation, sua fundação.

“Aplaudo a liderança de Patrick Gaspard nas Fundações da Open Society em um mundo atormentado pelo não-liberalismo. Mark Malloch-Brown será o novo presidente da Open Society. Ele está profundamente familiarizado com seu trabalho e compartilha minha visão de filantropia”, escreveu Soros em 4 de dezembro, no Twitter.

Mark Malloch-Brown, agora o novo presidente da fundação, já fazia parte da diretoria da entidade.

O advogado do presidente Donald Trump, Rudy Giuliani, havia anteriormente falado que “George Soros conspirou com os democratas para favorecer Joe Biden e arrancar a vitória do candidato republicano”.

Além disso, a advogada independente Sidney Powell denunciou que a Dominion Voting Systems implantou em suas urnas eletrônicas um algoritmo (criado pela empresa Smartmatic, com vínculo com o Regime Socialista da Venezuela) programado para alterar os votos de Trump a favor de Biden.

A jurista acrescentou que a enxurrada de votos a favor de Trump foi tão alta que o algoritmo saiu do controle e por isso as máquinas ficaram paralisadas.

Tanto a Dominion quanto a Smartmatic negam todas as acusações.

Comentários

Cristã e Correspondente Internacional na Europa.

Mundo

Empreiteira brasileira obteve vantagens por meio de contratos no país socialista.

Mundo

País socialista de Maduro deverá sofrer forte retração econômica este ano.

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Governo

Segundo o governo, trata-se de um ataque ransomware, em que os invasores geralmente pedem dinheiro em troca de dados sequestrados.