Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Mundo

Talibã recusa ajuda dos EUA no combate ao Estado Islâmico

Representantes do grupo extremista e da Casa Branca estão reunidos no Qatar.

Faces Of The World | Flickr

Os talibãs recusaram qualquer cooperação com os Estados Unidos para conter o Estado Islâmico no Afeganistão, demonstrando uma posição intransigente sobre uma questão central antes das primeiras conversações desde que os americanos saíram do país em agosto.

Altos funcionários do grupo extremista e representantes do governo Joe Biden estão reunidos neste domingo (10) em Doha, capital do Qatar. Ambos os lados afirmaram que as questões em discussão incluem o controle do terrorismo e a retirada de cidadãos estrangeiros e afegãos do país.

Inicialmente, os talibãs garantiram que haveria flexibilidade nos diálogos. No entanto, o porta-voz político Suhail Shaheen informou que não haveria qualquer colaboração com os EUA para conter o Estado Islâmico, cada vez mais ativo no país e que tem assumido a autoria de atentados recentes.

“Somos capazes de enfrentar o Daesh sozinho”, respondeu Shaheen ao ser questionado se haveria trabalho em conjunto com a Casa Branca para conter os membros do EI, segundo informações da Rádio e Televisão de Portugal (RTP).

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Grupo extremista Talibã tomou o poder no Afeganistão em agosto deste ano.

Mundo

Investigação americana já está em curso.

Mundo

EUA oferecem recompensa de até US$ 5 milhões por informações a respeito do terrorista.

Mundo

Foi o segundo lançamento do regime comunista nesta semana.