Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Apenas Petrobras, Caixa e BB deverão permanecer como estatais, diz secretário de Desestatização

“Somente estas três deverão permanecer, e bem magrinhas”, declarou Salim Mattar durante evento do banco Credit Suisse

"Somente estas três deverão permanecer, e bem magrinhas", declarou Salim Mattar durante evento do banco Credit Suisse

O secretário de Desestatização e Desinvestimentos do Governo Federal, Salim Mattar, afirmou nesta terça-feira (29) que apenas a Petrobras, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal deverão ser preservadas como empresas estatais.

“Somente estas três deverão permanecer, e bem magrinhas”, declarou Mattar durante evento do banco Credit Suisse em São Paulo, acrescentando que esta é a vontade do ministro da Economia, Paulo Guedes.

A meta do atual governo é privatizar ou extinguir todas as estatais federais, com exceção das citadas, e levantar entre US$ 700 e US$ 800 bilhões para os cofres públicos. A União tem hoje 138 estatais sob sua gestão.

O ministro da Economia já chegou a declarar que planeja levantar US$ 20 bilhões com privatizações destas empresas ainda em 2019.

O secretário afirmou que as 36 subsidiárias da Petrobras, assim como as que estão abaixo da Caixa e BB, são mais fáceis de privatizar. Ele acrescentou que empresas como os Correios, com problemas de gestão, são vistas como “desafios” maiores na meta do governo.

“Os Correios são uma empresa complexa que se transformou neste gigante difícil de ser privatizado”, afirmou.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Mundo

Comunidade internacional tem interesse em acompanhar de perto o pleito deste ano.

Política

Ministro da Economia participou de evento da plataforma Arko Advice e Traders Club

Últimas

Eletrobras deve ser a primeira grande estatal a ser vendida.

Governo

Avaliação foi feita pelo presidente da estatal, Rodrigo Limp.