Conecte-se conosco

Política

Apoiador nega que Bolsonaro tenha sido racista e acusa ‘G1’ de manipulação

Publicado

em

Divulgação | Maicon Sulivan

O apoiador do presidente Jair Bolsonaro que foi alvo de brincadeira sobre seu cabelo na última quinta-feira (5), Maicon Sulivan, foi às redes sociais para criticar a reportagem do ‘G1’ que sugere que o chefe do Executivo tenha sido racista.

Na ocasião, o mandatário olhou para o cabelo de Sulivan, que tem o corte black power, e sorriu: “Estou vendo uma barata aqui”. Antes, Bolsonaro já o havia cumprimentado, chamando-o de “cabeludo”.

Ao comentar o episódio, Sulivan afirmou que possui intimidade com o presidente para esse tipo de brincadeira. Ainda de acordo com ele, a matéria publicada pelo G1 “difama” e induz à conclusão que Bolsonaro seja racista.

“Eu e o presidente temos uma intimidade para brincar. Eu fui lá com carinho pelo presidente. Eu tenho prazer de visitar o presidente e eu amo o carinho que ele tem por mim”, disse.

“A Globo publicou a piada que o presidente fez comigo induzindo que o presidente é um racista. Ele não é racista. Pela falta de respeito, eu vou denunciar vocês, eu vou denunciar vocês por calúnia”, disparou.

ASSISTA AO VÍDEO

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).