Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Doria diz que uso de máscara segue obrigatório até o fim do ano em SP

Restrições de horários e capacidade de estabelecimento comerciais chegaram ao fim nesta terça (17).

Governo de SP | Flickr

As medidas que restringem horários e capacidade de estabelecimentos comerciais chegaram ao fim em São Paulo nesta terça-feira (17). No entanto, de acordo com o governo paulista, o uso de máscaras permanecerá obrigatório pelo menos até o fim de 2021.

“O uso de máscara será continuamente obrigatório até o final desse ano. Mesmo a partir de novembro, quando entraremos em outra etapa de flexibilização”, declarou o governador João Doria (PSDB).

“Temos a expectativa de ter a conclusão de todo ciclo vacinal no final do mês de outubro. Mesmo assim, dada a variante delta, os cuidados, os zelos, as máscaras ainda farão parte da nossa indumentária por um tempo um pouquinho maior”, acrescentou.

Confira o que volta a funcionar sem restrição de horário em SP:

Restaurantes, bares, cafés e lanchonetes;

Lojas, shoppings, galerias e outros comércios não essenciais;

Salões de beleza, barbearias e clínicas de estética;

Museus, cinemas, teatros e shows com público sentado;

Academias de ginástica, clubes e centros esportivos.

Serviços essenciais como supermercados, postos de gasolina, bancos e farmácias já estavam autorizados a operar em qualquer horário.

Agora veja o que continua proibido:

Shows com público em pé;

Pistas de dança;

Torcida em estádios.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Governo

Declaração foi proferida durante evento na capital do Maranhão.

Judiciário

Órgão diz que aquisição de respiradores foi considerada irregular e com sobrepreço.

Política

Nas redes sociais, deputada reprovou a conduta dos congressistas que integram a comissão.

Congresso

Ministro da Saúde já foi ouvido duas vezes pela comissão desde o início dos trabalhos.