Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Em passagem pelo Nordeste e sem previsão de eventos nas ruas, Lula desembarca em Pernambuco

Petista terá encontros com políticos, além de reuniões com movimentos populares e sindicais.

José Cruz | Agência Brasil
José Cruz | Agência Brasil

O ex-presidente e ex-presidiário Luiz Inácio Lula da Silva desembarcou neste domingo (15) no Recife, em um jatinho, para iniciar uma longa agenda por seis estados do Nordeste.

A princípio, o petista se reuniu com lideranças pernambucanas como o senador Humberto Costa e a deputada federal Marília Arraes.

Por meio das redes sociais, ele escreveu: “Cheguei, Pernambuco! De volta pra casa”.

Na sequência, Lula encontrou o governador do estado, Paulo Câmara (PSB), e João Campos, prefeito do Recife, do mesmo partido.

De olho nas articulações de 2022, a iniciativa visa estreitar laços com o Nordeste, região que marcou forte crescimento do presidente Jair Bolsonaro desde a vaga ocupada pelo atual chefe do Executivo.

No entanto, segundo a cúpula petista, nenhum ato aberto ao público está previsto. A justificativa é de que o país ainda vive sob forte pandemia, fazendo com que a medida de prevenção evite aglomerações desnecessárias.

Na internet, por exemplo, muitos internautas questionaram a possibilidade de não cumprimento em eventos públicos.

O jornalista Silvio Navarro foi uma das personalidades a questionar a ‘tour’.

“Acabo de ler a notícia de que Lula tem evitado sair às ruas para não promover aglomerações em respeito à pandemia. Tive um ataque de riso […]”, escreveu, nas redes sociais.

O percurso

Lula permanece em solo pernambucano até esta segunda-feira. Nesta terça-feira (17), ele deve cumprir agenda no Piauí. No dia seguinte, a previsão é que ele esteja no Maranhão. Na sexta, marca presença no Ceará.

O percurso final ocorrerá no estado do Rio Grande do Norte, dia 24, e na Bahia, dias 25 e 26.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Política

Petista voltou a criticar a política pró-armas defendida pelo governo Bolsonaro.

Política

Hashtag ocupou os 'Trending Topics' da rede social no país.

Política

Petista voltou a dizer que foi vítima de uma 'farsa'.

Política

Governista acredita no crescimento de Bolsonaro durante a campanha eleitoral.