Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Estados congelam ICMS dos combustíveis por 90 dias

Medida foi aprovada por unanimidade em reunião extraordinária nesta sexta (29).

Marcos Corrêa | PR

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), coordenador do Consórcio Nordeste, adiantou nesta última quinta-feira (28) que os líderes estaduais tentariam congelar a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para combustíveis.

Nesta sexta (29), durante reunião extraordinária do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), a medida foi aprovada por unanimidade e valerá até 31 de janeiro de 2022.

“Queremos contribuir com uma alternativa que não seja de enganação para reduzir o preço dos combustíveis”, declarou Dias, em vídeo divulgado nas redes sociais.

O petista defendeu que a fixação do ICMS seja usada de forma emergencial, mas frisou que a alta dos combustíveis deveria ser resolvida em definitivo de outra forma, com a capitalização de um fundo de equalização, por exemplo.

“É isso que faz cair o preço da gasolina, por exemplo, para 4,50 reais já no dia seguinte após a capitalização”, garantiu. Segundo ele, a taxação da exportação do petróleo seria uma forma de financiar o fundo.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Congresso

Presidente do Senado vai submeter matéria ao colégio de líderes no início de fevereiro.

Política

A partir de fevereiro, tributo estadual volta a ser corrigido conforme o valor nas bombas.

Congresso

Medida foi chancelada pela Comissão de Assuntos Econômicos.

Política

Medida é determinada dias depois de greve de tanqueiros no estado.