Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, Aldemir Bendine, decide romper o silêncio e falar com Moro

Aldemir Bendine decidiu romper o silêncio. O ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil pediu para ser interrogado novamente em processo da Operação Lava Jato.

Bendine havia sido acusado por Marcelo Odebrecht, que informou ter feito pagamentos de U$ 3 milhões a ele por meio do publicitário André Gustavo Vieira. O ex-presidente da Petrobras havia ficado em silêncio durante o seu primeiro interrogatório, em novembro, mas agora a defesa afirmou que ele está disposto a falar.

O pedido foi aceito e Aldemir será ouvido pelo juiz Sergio Moro no próximo dia 16 de Janeiro.

Aldemir Bendine esteve à frente do Banco do Brasil entre abril de 2009 e fevereiro de 2015, quando deixou o cargo no banco para assumir a presidência da Petrobras. O executivo renunciou ao cargo de presidente-executivo da Petrobras em carta enviada ao Conselho de Administração em maio de 2016.

 

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Economia

Anúncio vem uma semana depois de a empresa cortar em R$0,20 o preço do litro do combustível.

Economia

É o segundo anúncio desse tipo na gestão do novo presidente da estatal, Caio Paes de Andrade.

Governo

Estatal anunciou sua primeira redução desde dezembro de 2021.

Governo

Indicado pelo governo federal, ele foi eleito com 7 votos favoráveis e 3 contrários.

----- CLEVER ADS -----