Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Governo zera imposto de importação de equipamentos médicos

No início do mês de agosto, o governo também reduziu as tarifas de importação de 17 produtos.

No início do mês de agosto, o governo também reduziu as tarifas de importação de 17 produtos.

O Ministério da Economia zerou o imposto de importação para centenas de produtos, entre eles, equipamentos médicos, de informática e para a indústria. A informação foi destacada pelo presidente Jair Bolsonaro em publicação na sua conta pessoal no Twitter.

“Após zerar impostos de medicamentos que combatem AIDS e câncer, o Governo Bolsonaro, via @MinEconomia, faz o mesmo com centenas de produtos, entre eles, com equipamentos e produção médicos, exames, cirurgias oftalmológicas, informática e outros”, escreveu.

A Portaria Nº 2.024, de 12 de setembro de 2019, da Secretaria Especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia foi publicada nesta segunda-feira (16) no Diário Oficial da União e entra em vigor dois dias úteis a partir da data de publicação.

Também pelo Twitter, o Ministério da Economia informou que já foram zerados impostos de importação de 1.189 produtos. “Estamos trabalhando para baratear o custo de investimentos e facilitar o acesso dos brasileiros a bens que não são produzidos aqui. Já zeramos o imposto de importação de 1.189 produtos. Agora, damos mais um passo para incentivar o investimento e a modernização das nossas fábricas”, diz a publicação.

No início do mês de agosto, o governo também reduziu as tarifas de importação de 17 produtos como medicamentos para tratamento de câncer e HIV/Aids com o objetivo de reduzir o custo de produção das empresas instaladas no Brasil e o preço dos produtos para os consumidores.

Com informações, Agência Brasil

Comentários

Conexão Política é um veículo digital inteiramente comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | contato@conexaopolitica.com.br

Saúde

Jovem de 16 anos faleceu sete dias depois de tomar a primeira dose da Pfizer.

Governo

Novas alíquotas serão aplicadas de 20 de setembro a 31 de dezembro deste ano.

Governo

Presidente discursou durante a 13ª Cúpula do BRICS.

Governo

Ministério da Infraestrutura prevê investimentos de R$ 53 bilhões.