Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Lula cogita firmar aliança com ‘centrão’ em 2022 contra Bolsonaro

Lula
Fernando Frazão | Agência Brasil

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse, em entrevista na noite desta última quinta-feira (1º), que não descarta a possibilidade de o PT ir em busca de uma aliança ‘viável’ com o Centrão em 2022.

Segundo ele, se for preciso, haverá essa união com as siglas partidárias.

“O PT é um partido grande. Vamos construir alianças com setores de esquerda. Se for preciso alianças com o centro, vamos tentar”, afirmou, em entrevista ao jornalista Reinaldo Azevedo.

Lula, que durante o 6° Congresso Nacional do PT, em 2017, ameaçou “mandar prender” quem espalha “mentiras” contra ele, além de assegurar que pretende regulamentar os meios de comunicação, ressurge em 2021 falando em ‘pacto pela democracia’.

“Aprovo qualquer manifesto que defenda a democracia. Mas todos eles tiveram a chance de deixar a democracia garantida e votar no Haddad [na eleição de 2018]. Mas preferiram votar em Bolsonaro”, declarou.

No início de março deste ano, uma decisão monocrática do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), anulou os processos contra o ex-presidiário na 13ª Vara Federal de Curitiba.

Com isso, Lula está elegível novamente, podendo se candidatar nas próximas disputas eleitorais.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Últimas

Críticas neste sentido também ecoaram entre outros nomes da base governista.

Política

Cúpula petista havia recuado sobre assunto após uma série de críticas; agora, tema voltou a ser ecoado pelo líder do partido.

Política

Declaração ocorre após o ex-juiz oficializar entrada no cenário político.