Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Mandetta desiste de candidatura presidencial em 2022

Ex-ministro da Saúde deve tentar uma vaga no Legislativo.

Carolina Antunes | PR

O ex-ministro Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) desistiu de sua pré-candidatura à Presidência da República em 2022.

A partir de agora, o foco dele será conseguir uma cadeira no Legislativo. A decisão já foi tomada e anunciada ao presidente do Democratas (DEM), ACM Neto.

A informação também foi confirmada por Luciano Bivar (PE), presidente do Partido Social Liberal (PSL), que irá comandar o União Brasil após a conclusão da fusão com o DEM.

“O Mandetta declinou e pretende sair candidato para o Senado ou para a Câmara no Mato Grosso do Sul. Nós queremos sair com uma candidatura própria, mas não descartamos fazer composições”, declarou Bivar.

Com a desistência de Mandetta, o União Brasil fica sem postulantes ao mandato presidencial, pelo menos por enquanto.

Outros nomes que poderiam disputar o Palácio do Planalto pela legenda acabaram se distanciando, como o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (MG), e o apresentador José Luiz Datena (SP), que foram para o Partido Social Democrático (PSD).

Luiz Henrique Mandetta, em ocasiões anteriores, já se mostrou um entusiasta da chamada terceira via, inclusive esteve presente no ato de filiação do ex-juiz Sergio Moro ao Podemos (PODE) no dia 10 de novembro.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Deputado quer se oferecer aos paulistas como alternativa à polarização entre bolsonaristas e petistas.

Política

Filiação do ex-chefe do MPF ao Podemos está prevista para fevereiro.

Política

Presidente aposta em dois nomes considerados de peso para o pleito de 2022.

Política

Presidente do Senado fez alusão a JK e disse ser o 'início de um caminho de reconstrução' do país.