Conecte-se conosco

Política

Muitos poderosos querem derrubar o presidente da República, diz Janaina Paschoal

Janaína, em 2018, obteve 2,06 milhões de votos.

Published

em

Geraldo Magela | Agência Senado

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) usou as redes sociais neste domingo (18) para rebater as críticas que vem recebendo dos opositores do presidente Jair Bolsonaro.

Janaina, que foi um dos principais nomes a compor o impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, do PT, disse que há pessoas que insistem na ideia de que ela teria sido ‘contratada’ para pautar o afastamento da petista, na época.

Segundo ela, diversas pessoas já tentaram convencê-la de aderir ao pedido de destituição de Bolsonaro.

A parlamentar frisou, inclusive, que ‘muitos poderosos querem derrubar’ o atual chefe do Executivo, eleito com mais de 57 milhões de votos. Esses, sim, de acordo com ela, possuem dimensões obscuras para fomentar a debanda do mandatário.

Por fim, Janaina deixou claro que não vai dialogar com nenhum movimento favorável ao impeachment do atual presidente.

Leia a declaração na íntegra:

Aos palhaços que insistem na tese de que eu teria sido ‘contratada’ para pedir e trabalhar arduamente pelo impeachment do PT, peço que reflitam sobre o número de pessoas que já me procuraram para pedir o impeachment de Bolsonaro.

Quem vivenciou aquele período sabe que meu trabalho, minha dedicação e minha convicção foram fundamentais. Tivesse havido qualquer motivação econômica, hoje, eu ficaria bilionária, pois muitos poderosos querem derrubar o Presidente. Mas como amo muito meu País, vou ficar bem longe desses movimentos pró-impeachment.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.