Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

PGR denuncia Érika Kokay por desvio de salário de assessora

FOTO: DIDA SAMPAIO/AGENCIA ESTADO/AE

Nesta segunda-feira (18), a procuradoria geral da República, Raquel Dodge, denunciou ao STF o senador Sérgio Petecão (PSD-AC), a deputada Érika Kokay (PT-DF) e o deputado federal licenciado Valdir Rossoni (PSDB-PR), atual secretário da Casa Civil do Paraná.

  • Sérgio Petecão é acusado pelo MPF de ter cometido os crimes de peculato (desvio de dinheiro público) e falso testemunho;
  • Érika Kokay também foi denunciada por peculato;
  • Valdir Rossoni foi denunciado por prevaricação.

Segundo a Procuradoria Geral, Érica Kokay apropriou-se indevidamente de parte do salário de uma de suas assessoras parlamentares, que trabalhou no gabinete entre 2006 e 2007. Ao todo foram sete transferências mensais para uma conta em nome da deputada, no total de R$ 13,1 mil.

“Relatório da Secretaria de Pesquisa e Análise da PGR revela que a assessora parlamentar realizou sete transferências mensais para uma conta em nome de Erika Kokay, no total de R$ 13,1 mil, e duas transferências em favor de Alair José Martins Vargas [então chefe de gabinete], totalizando R$ 1,8 mil, diz a PGR.

“Tal processo originou-se de uma tentativa de extorsão, por mim denunciada à Polícia Civil do Distrito Federal, ainda no ano de 2010. A PCDF fez uma série de investigações, com escutas autorizadas, que comprovaram tal ato. […] Estou inteiramente à disposição da Justiça para dar as devidas explicações, as quais certamente comprovarão a minha inocência”, acrescentou.

Érika Kokay divulgou uma nota na qual afirmou estar “absolutamente surpresa” com a denúncia, acrescentando que em nenhum momento foi chamada a prestar esclarecimentos.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Últimas

Em escala de 0 a 100, país manteve os 38 pontos, mas caiu duas posições.

Judiciário

Atividades serão realizadas alternadamente nas cidades de Moscou e Brasília.

Política

Petição foi apresentada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

Judiciário

Ação dá continuidade à apuração de esquema de corrupção envolvendo cúpula do Executivo.