Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Paulo Eduardo Martins é lançado ao Senado no PR com apoio de Ratinho Jr. e Bolsonaro

Em evento em Curitiba, partido oficializou o nome do jornalista e deputado na disputa.

Luis Macedo | Agência Câmara

O Partido Liberal (PL) confirmou a candidatura do deputado federal Paulo Eduardo Martins para o Senado pelo estado do Paraná. Em convenção estadual realizada nesta última quarta-feira (3), o parlamentar foi lançado oficialmente à Casa Alta do Congresso Nacional.

Martins já havia recebido o apoio do presidente Jair Bolsonaro (PL) e do governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD), que prestigiou o evento pessoalmente em Curitiba (PR) para reforçar a parceria.

“Eu estou escolhendo e apoiando o Paulo Martins pelo caráter que ele tem, que eu conheço. Honrado, decente, sério e que vai ser um grande senador da República”, afirmou o governador.

Em um vídeo exibido durante a solenidade, Bolsonaro também elogiou o nome do candidato ao Senado e confirmou apoio à investida eleitoral.

“Meu velho colega de Câmara dos Deputados, que vem dando cada vez mais demonstrações de quanto ama o Paraná e quanto está afinado com o futuro do nosso Brasil”, citou o chefe do Executivo federal.

No evento, Martins se mostrou bastante confiante. “Esses apoios ajudam muito a identificar quem eu sou e de que lado eu estou. Apoio não é favor. Apoio político significa confiança e eu sou muito grato a todos que me apoiam”, avaliou.

“Estou certo de que no Senado, posso fazer ainda mais do que tenho feito na Câmara, porque lá, o poder é menos diluído. Vou lutar contra o retrocesso vermelho, pela equilíbrio entre os três poderes, pelo Paraná e pelo Brasil. Que Deus nos proteja”, acrescentou.

Perfil

Jornalista, Paulo Eduardo Martins teve passagens pela Rede Massa, grupo RIC e, desde o início da carreira, se destacou por defender pautas conservadoras.

Em 2014, ele obteve 63.970 votos e garantiu a suplência da sua coligação na Câmara Federal. Em março de 2016, assumiu a cadeira de deputado.

Na trajetória parlamentar, votou a favor do impeachment contra Dilma Rousseff (PT) e foi o autor da proposta que determinou o fim do imposto sindical no Brasil.

Ele também criou a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que limita o alcance dos poderes dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Últimas

Jorge José da Rocha Guaranho, que é bolsonarista, trocou tiros com tesoureiro do PT, que morreu.

Política

Justiça Eleitoral barrou a transferência do domicílio do ex-juiz para São Paulo.

Últimas

Operação Cannabis Furari é decorrência da Acesso Noturno, deflagrada em dezembro de 2021.

Congresso

Paulo Eduardo Martins diz que a ideia pode elevar os índices educacionais do país.

----- CLEVER ADS -----