Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

“Por que escolheu trabalhar para a Odebrecht?”, diz Mendonça a Moro

Conforme noticiou o Conexão Política, o atual ministro da Justiça e Segurança Pública, André Mendonça, e o ex-chefe da pasta, Sergio Moro, trocaram uma série de ofensas após o ex-chefe da pasta questionar se “tem presidente em Brasília?”.

Moro tem criticado o governo em torno das pautas de vacinação no país.

Ao todo, Mendonça fez seis menções em resposta aos comentários do ex-juiz da Lava Jato.

“Vi que [Sergio Moro] perguntou se havia presidente em Brasília? Alguém que manchou sua biografia tem legitimidade para cobrar algo? Alguém de quem tanto se esperava e entregou tão pouco na área da Segurança? Quer cobrança? Por que em 06 meses apreendemos mais drogas e mais recursos desviados da corrupção que em 16 meses de sua gestão?“, replicou Mendonça.

Moro então respondeu: “Ministro, o senhor nem teve autonomia de escolher o Diretor da PF ou de defender a execução da pena da condenação em segunda instância (mudou de ideia?), então me desculpe, menos. Faça isso e daí conversamos“.

Na sequência, Mendonça rebateu novamente: “1. Defendi da Tribuna do STF a execução da pena a partir da condenação em 2ª instância. 2. Rolando Alexandre é o meu Diretor da PF, até porque sua gestão tem resultados muito melhores que a anterior. Agora, se não por mim, mas por sua biografia e pelo povo brasileiro: por que sua gestão tem resultados bastante inferiores aos da minha gestão?“, pontuou Mendonça.

Por fim, Mendonça trouxe à tona a entrada do ex-juiz como diretor da empresa de consultoria americana Alvarez & Marsal, informação registrada pelo Conexão Política no dia 30 de novembro deste ano.

Trata-se do escritório que atua como administradora judicial da Odebrecht, empreiteira investigada pela Lava Jato.

“E por falar em escolhas… Por que você escolheu trabalhar para o Grupo Odebrecht?“, questionou o atual ministro da Justiça e Segurança Pública.

Foi a última declaração de André Mendonça até a publicação desta matéria. Sergio Moro não havia respondido até o momento.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Últimas

Emissora ainda tentou recorrer, mas não obteve êxito.

Judiciário

Em ação ajuizada pela AGU, ministro do STF concedeu liminar ao presidente da República.

Economia

Aumento está relacionado à expansão do comércio online, diz associação.

Política

Foram apreendidos quase R$ 2 milhões na residência de Adriana Belém