Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Tratado entre Brasil e Argentina altera regras para pedidos de extradição

Imagem: Ueslei Marcelino | Reuters

Tratado assinado nesta quarta-feira (16) pelos governos do Brasil e da Argentina vai dar mais agilidade aos processos de extradição de pessoas processadas ou condenadas nos dois países. O acordo foi assinado durante reunião entre os presidentes da República, Jair Bolsonaro, e o argentino Mauricio Macri, no Palácio do Planalto.

Com o novo acordo, as autoridades poderão se comunicar de forma direta para trocar informações e fazer consultas sobre o processo de extradição em andamento. Depois, deverão formalizar os pedidos pelos canais diplomáticos. O tratado também vale para caso de pedidos de prisão preventiva. 

Visita

Anteriormente, o pedido de extradição precisava ser feito de forma diplomática ou diretamente pelos governos, sem trocas diretas de informações ou consultas pelas autoridades.

As mudanças previstas no tratado foram acertadas durante a primeira visita de um chefe de Estado ao Brasil após a posse do presidente Bolsonaro, em meio a discussões sobre o papel do Mercosul e a crise humanitária pela qual passa a Venezuela.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Mundo

País caiu 58 posições em listagem com mais de 100 nações.

Últimas

Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública diz que país teve 130 mortes/dia em 2021.

Mundo

Bloco de economias emergentes tem hoje Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Governo

Ingresso no chamado 'clube dos ricos' é caminho natural, avalia o vice-presidente.

----- CLEVER ADS -----