Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Apoio a Maduro e Bolsonaro autoritário; confira como foi a reunião do Foro de São Paulo

A reunião anual do Foro de São Paulo que aconteceu neste último final de semana terminou com uma declaração de apoio ao ditador Nicolás Maduro, da Venezuela.

Figuras da esquerda que geralmente participam da reunião, como o presidente boliviano, Evo Morales, e a líder do PT, Gleisi Hoffmann, não compareceram ao encontro desta vez.

O comunicado divulgado ao final do evento faz apelos para que as sanções aplicadas à Venezuela pelos Estados Unidos sejam suspensas.

O grupo também defendeu o enfrentamento do que chama de “avanço da direita sobre os nossos povos”.

O Brasil foi citado como exemplo de “governos neoliberais reciclados, autoritários e pró-fascistas”.

Eles também defenderam a soltura do ex-presidente Lula.

Para o grupo, o petista é “vítima de um abusivo, ilegal e indigno exercício do poder judiciário”.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

 

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Política

Segundo ele, documento apontava detalhes de financiamento ilegal em favor de políticos do partido.

Política

Em delação, ele aponta suposta relação entre petistas e o Primeiro Comando da Capital.

Política

Apesar de entrar na mira da CPI da Covid, nenhum dos executivos da Hapvida foi indiciado.

Governo

Presidente afirma que segue confiando em ex-ministro investigado pela PF.

----- CLEVER ADS -----