Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Bolsonaro sobe o tom contra João Doria: “O povo brasileiro não será cobaia de ninguém”

(Brasília - DF, 20/02/2019) Presidente da República Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, usou as redes sociais para reforçar o cancelamento do acordo feito pelo Ministério da Saúde para comprar 46 milhões de doses da vacina chinesa contra a covid-19.

Conforme noticiou o Conexão Política, a medida do governo desautoriza o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que assinou o protocolo de aquisição das doses nesta terça-feira (20).

Em tom incisivo, Bolsonaro classificou a substância farmacêutica de “vacina chinesa de João Dória”.

O chefe do Executivo frisou que a população brasileira não será colocada como experimento laboratorial do país asiático.

“A vacina chinesa de João Dória. Para o meu Governo, qualquer vacina, antes de ser disponibilizada à população, deverá ser comprovada cientificamente pelo Ministério da Saúde e Certificada pela Anvisa. O povo brasileiro não será cobaia de ninguém”, declarou Bolsonaro.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Governo

Anúncio foi feito ministro Marcelo Queiroga durante um evento na cidade de Salvador.

Saúde

Comunicado foi divulgado nesta última sexta-feira (26).

Mundo

Casa Branca incluiu 12 empresas do país asiático em lista negra comercial.

Mundo

País comunista se opõe 'firmemente' e afirma que Biden comete 'erro' ao acenar para a ilha.