Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

“Brasil e Paraguai seguem com forte parceria contra o crime organizado”, diz Sergio Moro

A parceira entre os dois países resultou na prisão de Luiz Henrique Boscatto, considerado um dos maiores contrabandistas de cigarros.

A parceira entre os dois países resultou na prisão de Luiz Henrique Boscatto, considerado um dos maiores contrabandistas de cigarros.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, usou as redes sociais para destacar as ações que a Polícia Federal vem tomando para combater o crime organizado.

Moro destacou também a parceria que o Brasil vem realizando com o Paraguai.

No Twitter, ele escreveu:

Brasil e Paraguai seguem com forte parceria contra o crime organizado. Luiz Henrique Boscatto é considerado um dos maiores contrabandistas de cigarros para o Brasil, além de estar envolvido em outros crimes.Entregue pelas autoridades paraguaias,vai agora cumprir no Brasil sua pena”, afirmou.

A prisão de Boscatto

Neste último sábado (25), a PF recebeu, de autoridades paraguaias, um brasileiro, chefe de organização criminosa, considerado um dos maiores contrabandistas de cigarros do Brasil, que se encontrava preso naquele país.

A entrega ocorreu na Ponte Internacional da Amizade em Foz/PR.

Segundo a PF, o extraditado foi alvo da Operação Contorno Norte, deflagrada em Maringá, no ano passado; e encontrava-se preso no Paraguai desde março de 2019.

Naquela ocasião, foi detido por autoridades paraguaias, no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi, tentando ingressar naquele país.

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Mundo

País caiu 58 posições em listagem com mais de 100 nações.

Últimas

Anuário do Fórum Brasileiro de Segurança Pública diz que país teve 130 mortes/dia em 2021.

Governo

Ingresso no chamado 'clube dos ricos' é caminho natural, avalia o vice-presidente.

Mundo

Bulgária, Croácia, Peru e Romênia também avançaram na adesão à entidade.

----- CLEVER ADS -----