Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

COI afirma que manterá datas dos Jogos de Tóquio

O Conselho Executivo do Comitê Olímpico Internacional (COI) divulgou nesta terça (3) uma nota na qual expressa todo o seu “compromisso com o sucesso dos Jogos de Tóquio 2020, que ocorrerão de 24 de julho a 9 de agosto de 2020”.

Este posicionamento acontece após a ministra do Japão para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos, Seiko Hashimoto, afirmar que o COI tem o direito de cancelar o evento esportivo somente se ele não ocorrer dentro do ano de 2020, o que permitiria, inclusive, que a cidade japonesa recebesse o evento em alguma data mais próxima do final do ano atual.

A declaração da ministra foi dada no Parlamento japonês durante uma sessão de consulta sobre os termos do contrato firmado entre a cidade de Tóquio e o COI. Esta consulta acontece quando faltam menos de cinco meses para o início do evento esportivo e em um momento no qual o coronavírus avança de forma preocupante no país.

Posição sobre Jogos de Tóquio

Após a fala de Seiko Hashimoto, o Conselho Executivo do COI, que está reunido em Lausanne (Suíça), se pronunciou de forma rápida através de uma nota na qual expressou “seu total compromisso” com a realização dos Jogos entre “24 de julho e 9 de agosto de 2020”.

Neste encontro foi apresentado um “relatório sobre todas as medidas tomadas até agora para lidar com a situação do coronavírus”.

Além disso, o COI informou que em meados de fevereiro foi criada uma força-tarefa “envolvendo o COI, Tóquio 2020, a cidade anfitriã de Tóquio, o governo do Japão e a Organização Mundial da Saúde (OMS)”, que trabalha de forma a permitir que “Tóquio sedie Jogos seguros e protegidos”.

A principal entidade do esporte olímpico no mundo também afirmou que “continuará a seguir os conselhos da OMS, como a principal agência das Nações Unidas sobre esse assunto”.

Com informações, Agência Brasil.

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Últimas

Desconto maior de 92% da dívida valerá para 548 mil contratos

Esportes

Delegação brasileira ainda pode aumentar nos próximos dias

Economia

Nos últimos dois anos, sete empresas israelenses investiram no país

Economia

Mercado financeiro espera por nova alta da Selic para 9,25% ao ano.