Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Com atraso de três décadas, Collor pede perdão por confisco da poupança

Trinta anos depois da tão criticada medida de confiscar o dinheiro da poupança dos brasileiros, Fernando Collor pediu perdão pela atitude em seu Twitter, nesta segunda (18).

O ex-presidente e atual senador de Alagoas, afirmou que a medida foi arriscada e reconheceu que errou.

“Acreditei que aquelas medidas radicais eram o caminho certo. Infelizmente errei. Gostaria de pedir perdão a todas aquelas pessoas que foram prejudicadas pelo bloqueio dos ativos”, disse Collor.

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Economia

Mesmo com danos gerados pela pandemia, seguidos pela guerra entre Rússia e Ucrânia, o país progride.

Economia

Percentual de famílias em situação precária deve cair no país.

Economia

Para jovens de 18 a 24 anos, o número chega a ser mais que o dobro da proporção geral.

Economia

É a melhor taxa desde o início da série histórica no país.

----- CLEVER ADS -----