Conecte-se conosco

Últimas

Contrariando parte da narrativa midiática, aliados de Bolsonaro disparam em popularidade digital

Publicado

em

Reprodução

Na manhã desta terça-feira, 29, veiculamos os dados de um ranking da consultoria Quaest, que avaliou o desempenho de líderes nas plataformas Facebook, Google Instagram, Twitter, YouTube e Wikipedia.

O levantamento traz o nome de Jair Bolsonaro como a figura mais popular do cenário político brasileiro em 2020.

Mesmo diante de nomes de peso, a exemplo de Luciano Huck, que à frente da TV Globo construiu uma forte influência digital e midiática, Bolsonaro ainda assim aparece líder absoluto.

Outros dois nomes chamaram bastante atenção: Abraham Weintraub e Osmar Terra.

Ambos, que são considerados figuras leais ao chefe do Executivo, figuram nas 6 primeiras posições.

Weintraub e Terra estão à frente até mesmo de Moro, Maia, Mandetta e Doria.

Os dados da Quaest contrariam o que tem sido veiculado diuturnamente por parte de analistas da imprensa brasileira, que apontam um possível enfraquecimento do presidente da República, assim como também dos seus aliados.

Ocupando o 4° lugar, Abraham Weintraub mostra que saiu fortalecido do Ministério da Educação, e que mesmo longe dos holofotes aqui no Brasil, o engajamento dele permanece em alta nas plataformas digitais.

Já Osmar Terra, que aparece na 6° posição, tem visto o seu nome crescer durante os dois anos em que esteve no governo Bolsonaro.

O ex-ministro da Cidadania é, inclusive, um grande defensor do tratamento precoce da covid-19 e da permanência do funcionamento do comércio durante o surto da pandemia.

De acordo com Marcos Rocha, editor-chefe do Conexão Política, caso o crescimento de ambos continuem em alta, existe uma forte possibilidade de uma abertura de pré-candidatura anunciada já em 2021, seja de modo direto ou indireto.

O cenário de 2022 pode repetir o fenômeno ocorrido em 2018, fazendo com que candidatos à direita emplaquem uma vitória expressiva nas urnas — e, consequentemente, superem a derrota abrupta no cenário municipal de 2020.

Jornalista, professor e comentarista político. Cobre os bastidores de Brasília no Conexão Política.