Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Estados sob lockdown lideram alta de desemprego nos EUA; 3 milhões pediram seguro desemprego em uma semana

Os Estados Unidos registraram na semana passada um número recorde de 3,28 milhões de solicitações de seguro desemprego em meio à medidas restritivas para comércio e indivíduos.

O número de americanos entrando com os pedidos foi quase cinco vezes maior que o recorde anterior. Foram 3 milhões de pedidos a mais na semana encerrada em 21 de março, em relação à semana anterior.

Os estados que lideraram a alta no desemprego nesse período foram Pensilvânia, Califórnia, Massachusetts, New Jersey e Ohio, estados que estão sob os chamados ‘lockdowns’. As empresas americanas anunciaram as demissões após autoridades estaduais e locais ordenarem que empresas consideradas não essenciais fechassem suas portas em resposta à pandemia de coronavírus.

Pensilvânia registrou no período quase 400 mil novos pedidos de seguro desemprego, o estado está sob lockdown desde a semana passada. Ohio e Califórnia também estão com estabelecimentos comerciais considerados não-essenciais fechados. Os dados são do Departamento de Trabalho dos EUA e foram divulgados nesta quinta-feira (26).


Os estados menos impactados com a onda de desemprego gerada pelo coronavírus são South Dakota, Georgia e Utah, estados que não estão sob lockdown total e que mantêm algum grau de normalidade em suas atividades econômicas.

Comentários

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

Economia

Segundo o ministro, política econômica segue caminho correto

Economia

Mercado financeiro espera por nova alta da Selic para 9,25% ao ano.

Mundo

Washington ameaçou impor sanções a Moscou em caso de investida contra Kiev.

Economia

Alunos da educação básica perderam, em média, pelo menos 279 dias. Dados são do IBGE.