Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Economia

Estados sob lockdown lideram alta de desemprego nos EUA; 3 milhões pediram seguro desemprego em uma semana

Os Estados Unidos registraram na semana passada um número recorde de 3,28 milhões de solicitações de seguro desemprego em meio à medidas restritivas para comércio e indivíduos.

O número de americanos entrando com os pedidos foi quase cinco vezes maior que o recorde anterior. Foram 3 milhões de pedidos a mais na semana encerrada em 21 de março, em relação à semana anterior.

Os estados que lideraram a alta no desemprego nesse período foram Pensilvânia, Califórnia, Massachusetts, New Jersey e Ohio, estados que estão sob os chamados ‘lockdowns’. As empresas americanas anunciaram as demissões após autoridades estaduais e locais ordenarem que empresas consideradas não essenciais fechassem suas portas em resposta à pandemia de coronavírus.

Pensilvânia registrou no período quase 400 mil novos pedidos de seguro desemprego, o estado está sob lockdown desde a semana passada. Ohio e Califórnia também estão com estabelecimentos comerciais considerados não-essenciais fechados. Os dados são do Departamento de Trabalho dos EUA e foram divulgados nesta quinta-feira (26).


Os estados menos impactados com a onda de desemprego gerada pelo coronavírus são South Dakota, Georgia e Utah, estados que não estão sob lockdown total e que mantêm algum grau de normalidade em suas atividades econômicas.

Comentários

Católico, conservador, correspondente internacional, observador político e criador do site 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia (EUA).

Mundo

Decisão foi tomada pelo republicano em seu primeiro dia de mandato.

Mundo

PIB do regime comunista registrou a maior alta em uma década.

Últimas

Remessa chegou de madrugada ao Aeroporto de Viracopos, em Campinas.

Política

Eduardo Paes afirmou estar pensando em seguir exemplo de cidade canadense.