Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Filho do governador Wilson Witzel foi nomeado pela Prefeitura do Rio de Janeiro

Nesta sexta-feira (2), Erick Marques Witzel, filho do governador Wilson Witzel, foi nomeado como assessor da Coordenadoria de Diversidade Sexual (Ceds-Rio) da prefeitura do Rio de Janeiro. A coordenadoria, localizada no Palácio da Cidade (Botafogo), é responsável pelas políticas públicas da prefeitura na área LGBT.

O filho do governador do Rio de Janeiro foi nomeado para o cargo de assistente, cumprirá expediente de 40h semanais e receberá salário de R$ 1695,56. O ato de nomeação foi do secretário da Casa Civil, Paulo Albino, que normalmente assina as indicações para cargos de confiança do 2º e 3º escalões no lugar do prefeito Marcelo Crivella.

Relação entre pai e filho melhorou depois que Witzel foi eleito governador

Durante as eleições de 2018, Erick pediu ao seu pai e então candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel que parasse de citá-lo em entrevistas e propagandas devido aos dois não terem boa relação e compartilharem de pensamentos distintos. Porém, Witzel e seu filho se reconciliaram e na última quarta-feira, os dois foram ao Maracanã torcer para o Flamengo.

“Reestruturação administrativa” — […toma á dá cá…]

Coordenadoria de Diversidade Sexual (Ceds-Rio), que só tinha três cargos comissionados, passou por uma “reestruturação administrativa”  para abrir a quarta vaga. Tudo isso acontece depois de uma aproximação entre o prefeito Marcelo Crivella e o governador Wilson Witzel.

Em nota à imprensa, a Ceds-Rio informou que Erick Witzel irá “desenvolver trabalhos de apoio técnico em projetos para diversidade sexual e de relacionamento com os movimentos sociais, grupos LGBTs, e ativistas da pauta transexual”

Em 2018 Witzel descartou a participação do filho de Crivella em seu governo

Depois de eleito, Wilson Witzel descartou o nome do filho do prefeito, que perdeu a eleição para deputado federal, para o seu secretariado, pois não conhecia Crivella Filho. A partir de então, o prefeito Marcelo Crivella fez duras críticas contra o governador eleito e disse que “só um idiota descarta aquilo que não tem”.

Aproximação entre Witzel e Crivella pode se prolongar até a eleição de 2020

Nas últimas semanas Witzel e Crivella participaram juntos de inúmeros eventos e ficou notória a aproximação entre o entre o governador e o prefeito do Rio de Janeiro.

A possibilidade de uma aliança entre os dois na disputa pela prefeitura do Rio de Janeiro não foi negada pelo governador e provocou uma divisão na bancada do PSL na ALERJ, visto que o deputado estadual Rodrigo Amorim já lançou sua pré-candidatura à Prefeitura.

Comentários

FALE COMIGO: davy@conexaopolitica.com.br — chefe de redação do Conexão Política e natural do Rio de Janeiro (RJ).

Últimas

Juíza disse que não houve nenhuma mudança que justifique revogação

Judiciário

Defesa alega falta de tempo para analisar laudos juntados ao processo

Últimas

Início das filmagens estava prevista para 16 de maio.

Judiciário

Adriana Belém está detida no Instituto Penal Oscar Stevenson, em Benfica.