Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Incêndio em hospital: polícia aciona protocolo de atendimento em massa

Processo é o mesmo usado na tragédia do Ninho do Urubu.

Processo é o mesmo usado na tragédia do Ninho do Urubu.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro acionou, na manhã desta sexta-feira (13), o protocolo de Atendimento de Tragédia em Massa para atender aos familiares e examinar os corpos das vítimas do incêndio ocorrido ontem (12) no Hospital Badin, no Maracanã.

O protocolo é o mesmo usado no caso da tragédia do Ninho do Urubu em fevereiro deste ano, quando 10 adolescentes morreram em um incêndio no centro de treinamento do Flamengo.

Foram acionadas equipes extras de papiloscopistas e uma sala foi disponibilizada no Instituto Médico-Legal (IML) para acolher os parentes, com atendimento de assistente social e psicólogo.

Segundo informações da Polícia Civil, foram levados para o IML 10 corpos de vítimas do incêndio e, até o momento, seis passaram pela necropsia e foram oficialmente identificados.

As vítimas já identificadas são Maria Alice Teixeira da Costa, Luzia dos Santos Melo, Ana Almeida do Nascimento, Irene Freitas e Virgílio Claudino da Silva.

Com informações, Agência Brasil

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Últimas

Juíza disse que não houve nenhuma mudança que justifique revogação

Judiciário

Defesa alega falta de tempo para analisar laudos juntados ao processo

Últimas

Início das filmagens estava prevista para 16 de maio.

Judiciário

Adriana Belém está detida no Instituto Penal Oscar Stevenson, em Benfica.