Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Janaína Paschoal perde 50 mil seguidores nas últimas 24 horas após pedir renúncia de Bolsonaro

Deputada afirmou que se arrependeu de votar em Bolsonaro e pediu a renúncia do presidente.

A deputada estadual Janaina Paschoal (PSL-SP) perdeu cerca de 40 mil seguidores nas redes sociais nas últimas 24 horas.

Os números representam um declínio bastante expressivo, visto que a possibilidade de ‘unfollow’ pode continuar e ser ainda maior nos próximos dias.

Com base nos dados da plataforma Social Blade, Janaína perdeu de ontem para hoje:

6 mil seguidores no Facebook, 18 mil seguidores no Instagram e 26 mil seguidores no Twitter.

A queda brusca de apoiadores vem à tona após Janaína mostrar-se contrária ao Presidente Jair Bolsonaro.

Durante o expediente desta segunda-feira (16), na Assembleia Legislativa de São Paulo, a deputada foi à tribuna para tecer duras críticas ao presidente Jair Bolsonaro.

Além disso, pediu a renúncia dele, afirmando que o vice, Hamilton Mourão, seria a melhor alternativa para o cenário atual que o Brasil vem passando.

Em seu discurso, ela citou manifestações deste último domingo (15).

“O que ele fez ontem é inadmissível. Crime contra a saúde pública. Esse senhor tem que sair da Presidência da República. Deixa o Mourão, que entende de defesa, conduzir a Nação. Não tem mais justificativa! Como um homem que está possivelmente infectado vai pro meio da multidão? Como um homem faz uma live na quinta-feira, dizendo para não ter protestos, e vai participar destes mesmos protestos no domingo?”, questionou.

Ainda em sua fala, ela disse se arrepender do voto em Bolsonaro.

“Eu me arrependi do meu voto. Que país é esse? Como é que esse homem vai lá, potencialmente contaminando as pessoas, pegando nas mãos, beijando. Ele está brincando? Ele acha que ele pode tudo? As autoridades têm que se unir e pedir pra ele se afastar. Nós não temos tempo para um processo de impeachment, nós estamos sendo invadidos por um inimigo invisível. Precisamos de pessoas capazes e competentes para conduzir a nação. E eu quero crer que o Mourão possa fazer esse trabalho por nós”.

Por outro lado, os deputados que permanecem ao lado de Jair Bolsonaro seguem sendo beneficiados nas redes sociais.

Um grupo de 9 congressistas, a exemplo de Filipe Barros, Carol de Toni, Bia Kicis, Sargento Fahur, delegado Éder Mauro, Carlos Jordy e Luiz Philippe de Orleans e Bragança continuam crescendo.

Comentários

Jornal digital comprometido com a cobertura e a análise das principais pautas sobre política nacional e internacional | FALE CONOSCO: contato@conexaopolitica.com.br

Mundo

Hugo Velázquez foi citado em lista de corruptos elaborada pelo governo americano.

Política

Entrevista foi acompanhada por mais de 570 mil pessoas ao vivo e foi o assunto mais comentado nas redes.

Política

Representante da direita, levantamento do instituto Real Time Big Data mostra crescimento da deputada.

Governo

Cerimônia faz parte da agenda de compromissos do presidente no interior paulista.

----- CLEVER ADS -----