Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Juíza Gabriela Hardt condena Lula a 12 anos de prisão no caso do sítio de Atibaia

A acusação trata do pagamento de propina de pelo menos R$ 128 milhões pela Odebrecht e de outros R$ 27 milhões por parte da OAS.

O ex-presidente Luiz Inácio da Silva foi condenado a 12 anos e 11 meses por corrupção e lavagem de dinheiro nesta quarta-feira (6), no processo da Lava Jato que apura se ele recebeu propina por meio da reforma de um sítio em Atibaia (SP).

A sentença da juíza substituta Gabriela Hardt, da primeira instância, é a segunda que condena Lula na Operação Lava Jato no Paraná. 

O ex-presidente está preso em Curitiba desde abril de 2018, cumprindo a pena de 12 anos e 1 mês determinada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), na primeira condenação dele na segunda instância pela Lava Jato.

Segundo a denúncia, o ex-presidente recebeu propina do Grupo Schain, de José Carlos Bumlai, da OAS a da Odebrecht por meio da reforma e decoração no sítio Santa Bárbara, em Atibaia (SP), que frequentava com a família.

A acusação trata do pagamento de propina de pelo menos R$ 128 milhões pela Odebrecht e de outros R$ 27 milhões por parte da OAS. Outras doze pessoas também foram denunciadas no processo.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Últimas

Críticas neste sentido também ecoaram entre outros nomes da base governista.

Política

Cúpula petista havia recuado sobre assunto após uma série de críticas; agora, tema voltou a ser ecoado pelo líder do partido.

Política

Articulação antecede ano eleitoral; petista é o principal nome da esquerda ao pleito de 2022.