Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Últimas

Ministro da Infraestrutura garante continuidade de obras: “Não paramos em lugar nenhum”

Em live promovida neste momento pelo BTG Pactual no YouTube, o ministro da Infraetrutura, Tarcísio Gomes Freitas, garantiu a continuidade do cronograma de obras e os preparativos para novas concessões do governo deferal..

“Não paramos obras sob responsabilidade do ministério em lugar nenhum”, disse Freitas. Ele acrescentou que continua atuando em projetos para atrair investimentos. “Mantivemos a estruturação dos projetos de concessão.”

O ministro chamou a atenção para o lançamento, nesta quarta-feira (22) em Brasília, do programa Pró-Brasil de recuperação econômica pós-covid-19. O programa tem dois eixos: progresso e ordem.

O eixo progresso é para investimentos em obras públicas e estímulo a parcerias com o setor privado, em áreas como desenvolvimento regional, energia, logística, mineração, transporte e telecomunicações. O eixo ordem, segundo Freitas, tem o objetivo de “tornar a regulação mais fácil”, sem ser “intervenção no ambiente de negócios”. Entre as medidas está previsto um novo desenho para atuação das agências reguladores e a revisão do licenciamento ambiental, o que depende do Congresso Nacional.

De acordo com Freitas, a atuação do governo respeita as premissas do ajuste fiscal.Para ele, a economia proporcionada com a reforma da Previdência Social e com a queda de juros foi importante para o país ter melhores condições de enfrentar a crise provocada pela pandemia do novo coronavíruos.

Em sua apresentação, o ministro da Infraetrutura ainda assinalou as medidas de logística que foram tomadas pelo governo para garantir a circulação de mercadorias e de trabalhadores em atividades essenciais logo no início das paralisações provocadas pela covid-19. “Não adianta ter o mercado aberto se o produto não chega à prateleira”, lembrou Tarcísio Freitas.

Com informações, Agência Brasil.

Comentários

FALE COMIGO: marcos@conexaopolitica.com.br — editor-chefe do Conexão Política e natural de Campo Grande (MS).

Últimas

Anvisa ainda não liberou a utilização do autoteste no país

Política

Polícia Federal diz que 90 são menores de idade

Últimas

Anvisa diz que resposta sobre venda deve sair no menor tempo possível

Governo

Bloco tem 38 países membros e governo brasileiro articula entrada na organização.