Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Análise

ARTIGO: O poder executivo foi fechado, a democracia precisa ser reestabelecida no Brasil

O STF censurou novamente atos do Presidente da República. Agora foi o ministro Barroso que decidiu suspender a decisão de Jair Bolsonaro que expulsaria espiões da ditadura socialista venezuelana do território brasileiro. Temo que o presidente Bolsonaro não governe mais, o golpe já foi dado.

Não se trata mais de presevar a democracia brasileira, mas de reestabelecê-la, restaurá-la. O poder executivo foi FECHADO pelo poder judiciário, não há mais independência entre poderes e o Presidente da República já se encontra exilado no próprio palácio presidencial.

Quem espera por um golpe de estado, espera por algo que já aconteceu. Quem dará a palavra final para tudo a partir de agora é o STF. O presidente do Poder Executivo terá todos seus atos censurados por figuras não-eleitas comprometidas não mais com a liberdade e independência dos poderes mas agora com a ambição de substituição de um poder (Executivo) por outro (Judiciário) numa espécie de transição de um regime democrático para um que não mais represente as ambições nacionais expressas nas últimas eleições.

O Poder Executivo foi fechado pelo Judiciário sem alarde e sem aviso prévio.

Comentários

Católico, Conservador, Correspondente Internacional, Observador Político e criador do 'Direto da América'. Atualmente vive no estado da Pensilvânia, Estados Unidos.

Mundo

Nesta terça-feira (30), a Rússia reiterou a parceria estratégica com o Brasil e comemorou a entrada do país, em janeiro de 2022, no Conselho...

Política

Mandatário russo disse que quer estreitar a cooperação bilateral em diversas áreas.

Economia

Ritmo de recuperação é menos intenso que o previsto inicialmente.

Saúde

Sobre o Brasil, ela se mostrou receosa com as discussões em curso acerca da realização do Carnaval.