Siga-nos nas redes sociais

Digite o que você procura:

Política

Paes descarta lockdown no Rio: ‘Medida extrema e desnecessária’

Eleito prefeito na cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM) disse nesta segunda-feira (30) que, a princípio, descarta o lockdown na capital fluminense.

Em entrevista à GloboNewas, ele classificou a medida de lockdown como ‘extremo desnecessário’.

“A princípio eu descarto sim o lockdown. É importante que a gente tenha medidas muito mais do ponto de vista terapêutico. Inaceitável que as pessoas adoeçam e não tenham um leito disponível em um hospital público. Esse é o grande desafio, colocar a rede de saúde do município para funcionar para que a população possa ter o atendimento em caso de necessidade”, disse.

Segundo ele, as medidas a serem adotadas serão terapêuticas em um primeiro momento.

“Óbvio, medidas de distanciamento social, utilização de máscaras, enfim, regras e, principalmente, tentar conversar com as pessoas. Não dá pra gente pedir para as pessoas aquilo que elas não vão fazer. Então, o lockdown parece uma medida extrema e desnecessária”, acrescentou.

Comentários

FALE COMIGO: raul@conexaopolitica.com.br — diretor de redação do Conexão Política e natural de Recife (PE).

Saúde

Sistema combina três funções importantes: controle motor intuitivo, cinestesia de toque e preensão, a sensação intuitiva de abrir e fechar a mão.

Política

Prefeito já deixou claro que usará o poder do Estado para "criar dificuldades" para quem não quiser tomar a substância.

Política

Novas determinações valerão a partir de setembro e foram publicadas hoje no Diário Oficial do Município do Rio de Janeiro.

Política

Início da revogação das restrições ocorreriam em 2 de setembro.